sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Contribuições Nova fase do Conselho Municipal de Turismo de São Vicente II

Olá Amigos Profissionais de Turismo,

Aproveitando que estamos prestes à reformulação do mesmo, seguem algumas sugestões que gostaria que fossem discutidas e levadas em consideração.

SUGESTÕES E PROPOSTAS PARA O SETOR

1) Deixar bem claro a todos o que é um Conselho Municipal de Turismo - http://comtursv.blogspot.com.br/2012/12/para-que-serve-um-conselho-municipal-do.html

2) Que o COMTUR seja Deliberativo.

3) E que o Fundo Municipal do turismo seja gerido pelo COMTUR http://comtursv.blogspot.com.br/2013/01/o-fundo-municipal-de-turismo-fumtur-tem.html
Quanto possui no Fundo Municipal de Turismo? Como é gerido? Para onde está indo este dinheiro?

4) Obrigação de Publicação e Divulgação de Atas anteriores. Em todas as reuniões realizadas pela Setur é de suma importância ser lavrada uma ATA, feita pela mesma. A mesma deve ser aprovada e assinada na reunião subseqüente pelo conselho. Assim fica tudo registrado: opiniões, comentários, sugestões, esclarecimentos e outros. 
Para a confecção da Ata existe a necessidade de colocar o nome de todos os participantes, justificativas de ausências.  Toda vez que for submetida alguma votação é obrigatório nominar 1 por 1 que votou no que. Assim temos como registro futuro.

5) Revisão da Carta de Turismo 2010.
Obs: Ótimo documento elaborado por todos integrantes do Conselho "Gestão Participativa".
http://comtursv.blogspot.com.br/2010/11/carta-de-turismo-sao-vicente.html
Exemplos de ajustes necessários: 
a) Na parte de Atrativos Turísticos, cita-se a colocação de árvore Chapéu de Sol na Orla – somos totalmente contra, pois esta árvore é exótica. Deve-se colocar espécies nativas da Mata Atlântica.
b) Na parte de Economia local, cita-se a inexistência de Convention & Visitors Bureau local – somos contra, pois já existe o SRCVB – devemos ter uma visão metropolitana.
c) outros....

6) Necessidade de Pasta EXCLUSIVA para o Turismo: http://comtursv.blogspot.com.br/2013/07/blog-post.html

7) Analisar se o orçamento que a prefeitura destina à SETUR (TURISMO) é compatível com as necessidades e importância do setor para a economia da cidade.
 É pouco? É muito? Quanto é folha de pagamento em reais? Quanto sobra em reais? Queremos Saber!

8) Orçamento para eventos de promoção da cidade. Determinar eventos como Aviestur, Salão do Turismo, Avirrp, ABAV, Salão São Paulo, Boat Show, Adventure Sports Fair, Feira de Turismo Rural e outros.
Outra situação: São Vicente esteve participando de alguns eventos de turismo, através dos esforços da Secretaria de Turismo, bem como empreendedores da iniciativa privada. Uma das reivindicações antigas do trade é que, nesses eventos, deveria haver pessoas caracterizadas de personagens ilustres da cidade, como por exemplo, Martim Afonso de Souza, Anna Pimentel e outros. Novamente lembramos a importância da integração entre a Setur e a Secult de São Vicente;

9) Quando o poder público divulga a cidade como destino é comum que se divulguem roteiros ou circuitos, e NÃO atrativos em si. Poderíamos aplicar essa tendência.
http://www.blogcaicara.com/2013/08/bons-exemplos-no-turismo-poder-publico.html

10) Criar incentivos fiscais através de leis municipais que fomentem os investimentos e projetos turísticos e contribuam com os empreendedores já instalados.

11) Criação de Unidade de Conservação Municipal Parque do Voturuá.

12) Investimentos Manejo de Trilhas (Pedreira, Pico do Urubu e Bicho Preguiça)

13) Necessidade de frente de trabalho ou equipe especializada para manutenção de áreas e equipamentos turísticos.

14) Verificar a possibilidade de uso público ou construção de toalete masculino/feminino na Casa Martim Afonso.

15) Verificar possibilidade de lugares adequados para estacionar bicicletas em atrativos e empresas ligadas ao setor de turismo.

16) Disponibilizar espaço para o trade turístico nos eventos realizados pela prefeitura (Centro de Convenções, eventos de praia e outros).

17) Constar atividade turística no Plano Diretor do Município.

18) Elaborar um Plano Municipal de Turismo.

19) Divulgação e conhecimento da agenda 21 do município (principalmente na parte turismo).

20) O PIT do Gonzaguinha está parecendo um depósito de material esportivo. A sua função como o próprio nome diz é: Posto de Informações Turísticas. Que seja dada a devida atribuição.

21) Museu do Escravo (Parque Ecológico do Voturuá): Necessidade de Restauração Urgente! 
Reforma e Disciplinar uso Museu dos Escravos
http://www.blogcaicara.com/2012/10/museu-dos-escravos-e-tombado-desafio-e.html

22) Em todas as reuniões do COMTUR devem ser convidados todos os Vereadores, Prefeito e Secretários de Pastas.

23) Restaurar a Casa do Barão e revitalização do Museu Histórico (Instituto Histórico e Geográfico de São Vicente).

24) Instituir Museu da História da Colonização Brasileira.

25) Estudar e preservar as ruínas de Santana do Acaraú. Solicitamos estudos histórico-culturais e turísticos do local (sítio Acaraú) que abrigou a casa de Frei Gaspar da Madre de Deus.

26) Incentivar produção de artesanato.

27) Privatizar o complexo de eventos e convenções da Costa da Mata Atlântica.

28) Revitalizar o Porto das Naus / Engenho de cana de açúcar Jerônimo Leitão.

29) Campanhas Educativas para Trade Turístico, Turistas e Instituições de Ensino (Bem Receber, Conhecimentos Históricos Culturas, Resíduos, Importância do Turismo.....)

30) Adotar um selo de qualidade para empresários que desenvolvem atividades ao turismo sustentável.

31) O poder público NÃO pode operar roteiros turísticos, nem oferecer guias de turismo e/ou monitores de turismo para turistas, empresas, instituições de ensino privadas, etc (relações comerciais). Ao poder público cabe desenvolver políticas de infra-estrutura de apoio, além de ordenar, fiscalizar e incentivar a iniciativa privada. Segundo a lei nº 11.771 de 17 de setembro de 2008, Art. 27, Compreende-se por agência de turismo a pessoa jurídica que exerce atividade econômica de intermediação remunerada entre fornecedores e consumidores de serviços turísticos ou os fornece diretamente. § 1º - São considerados serviços de operação de viagens, excursões e passeios turísticos, a organização, a contratação e execução de programas, roteiros, itinerários, bem como recepção, transferência e a assistência ao turista. § 3º - As atividades de intermediação de agência de turismo compreende a oferta, a reserva e a venda a consumidores de serviços turísticos. Obs: Terceiro Setor e Profissionais Liberais, tb não podem vender roteiros, rotas ou circuítos turísticos.

32) Combate aos Ilegais e Piratas na Atividade Turística.

33) Implantação 0800 Turístico "Disk Tour"


34) Implementação dos portais ou totens nas entradas e saída da cidades. 

35) Embelezamento e Paisagismo nas Entradas e Locais Turísticos e de Fluxo Turístico na Cidade.

36) Combate aos Flanelinhas.

37) Combate aos pontos "esquinas" de prostituição (Itararé, Gonzaguinha, Presidente Wilson e Quintino Bocaiúva)

38) Políticas Referente aos Moradores de Rua

39) Politicas Referente Resíduos (lixo doméstico, lixeiras de rua, coleta seletiva, entulho....)

40) Políticas de Trânsito para fomento do Turismo.
- São Vicente precisa de Vagas para Ônibus de Turismo (desembarque/embarque)
http://comtursv.blogspot.com.br/2012/08/sao-vicente-precisa-de-vagas-para_20.html
- Bolsão para parada/estacionamento dos veículos de turismo.

41) Políticas  Referente à Segurança no Turismo.
- Polícia Militar, Polícia Civil, Guarda Municipal e Comseg.
- Câmeras + Centrais de Monitoramento
- Delegacias Móveis. 
- Fechar Parcerias com a Delegacia Turismo (Santos).

42) Politicas Referente ao Atendimento de Emergências
- Saúde: Hospitais e Prontos Socorros
- Bombeiros e Samu
- Defesa Civil

43) Disciplinar e Fiscalizar práticas de Esporte e Abuso ao sossego público na Orla.

44) Capacitação para os integrantes do COMTUR.

45) Acerto na legislação do nome do Conselho! O correto é COMTUR "com M" e não com"N".

46) Criação de Identidade Visual para o COMTUR (logo, formulários, ofícios.....)

47) Pensar em Estratégias/Soluções de Comunicação com os Integrantes do Conselho e na Divulgação das Ações para a Sociedade e Trade.

48) Iluminação Ponte Pênsil.

49) Apoio ao Selo Metropolitano da Baixada Santista (Circuito Turístico) - Livre acesso para as Agências de Turismo Receptivo.
http://www.blogcaicara.com/2013/04/selo-metropolitano-da-baixada-santista.html

50) ICMS Ecológico (recurso oriundo de preservação e conservação, que deve-ser aplicado para o mesmo fim (Necessidade de Legislativo). Ex: 30% Para manter Ucs, 20% para novas Ucs, 15% para áreas verdes urbanas, 15% resíduos, 20 % campanhas de educação.
Veja aqui repasse: http://www.blogcaicara.com/2012/11/icms-ecologico-estado-de-sao-paulo.html

51) Alinhamento/Troca Experiência Comturs Baixada Santista e outros de interesse.

52) Pequisa e Manutenção de Monumento na Vila São Jorge.
Monumento do Escravo: Este é o nome o qual pelo menos conhecemos. Necessidade de maiores estudos, avaliando se o mesmo possui importância histórica, cultural e turística para a cidade. Hoje o local (fica entre o morro do Voturuá e linha vermelha, na altura da Vila São Jorge) é frequentado por desocupados e usuários de entorpecentes;

53) Estudo de Viabilidade para Atividades e Ecoturismo e Turismo Rural na área continental de São Vicente.  http://www.blogcaicara.com/2013/07/e-possivel-sim-turismo-na-area.html

54) Reforma e Disciplinar uso turístico da Vila de São Vicente.

55) A cidade tem que possuir um Calendário de Eventos Anual.


56) Projeto Transformar Píer do Gonzaguinha em Uma Caravela  - NOVO cartão postal de São Vicente.

57) Realização anual do Concurso Sabor São Vicente (Gastronomia)

58) Proposta de Sistema de Comunicação aos Banhistas nas Praias do Itararé, Milionários e Gonzaguinha.

59) Mais lixeiras na cidade e de qualidade.

60) Proposta de elaboração de caixa do tempo com os integrantes do COMTUR.

61) Programa Adote uma Praça

62) O próprio imposto pago no município pelo trade turístico, poderia ser revertido para o Fundo Municipal de Turismo. Necessita que seja aprovado lei pelo legislativo. Valores revertidos para a própria atividade.

63) Melhorar a iluminação do Marco Padrão.


64) Restauração e Reforma do Ipupiara na Praça 22 de Janeiro.
* Há mais de 1 ano com falta de dedos e falta do rabo. O tanque que fica o Monumento também está em péssimo estado de conservação.


65) Encenação: vetar a entrada de pessoas portando guarda-chuvas. Como espectadores há muitos anos do espetáculo, sabemos da possibilidade de ocorrer chuva, devido ao período em que ocorre o evento. A maioria do público fica nas arquibancadas, e quando começa a chover as pessoas abrem os guarda-chuvas, impossibilitando quem está atrás de visualizar o espetáculo, e quem fica do lado recebe uma enxurrada de água. Sugerimos abolir a entrada dos guarda-chuvas, permitindo somente o uso de capas de chuva. Deve haver por parte da Prefeitura uma ampla campanha e divulgação de tal ação. Ou que sabe a prefeitura fornece a capa de chuva. Outra situação é a volta da cobrança do ingresso (taxa de manutenção). O Evento deve disponibilizar para as agências de turismo 1 mês antes do espetáculo os ingressos e de forma de tarifa diferenciada.


66) Igreja Matriz e Mercado Municipal: Sugerimos estudo de viabilidade de retirada da fiação aérea do entorno dos mesmos, pois fica impossível fazer imagens das fachadas sem sair a “poluição visual” desses fios;


67) No site oficial da Prefeitura (www.saovicente.sp.gov.br) existe um botão denominado MUNICÍPIO. Quando clicado, aparece 3 ícones: Dados Gerais, Hotéis e TV Primeira.

Reivindicamos um novos ícone: Restaurantes e Agências Turismo Receptivo;

68) Site Destino São Vicente - Possuem atividades que são obrigatórias o Cadastro no Ministério do Turismo (CADASTUR). Somente estar no site os estabelecimentos que atenderem a legislação federal.

69) Orla do Itararé: A iluminação é pouca, e do que existe muitos estão quebrados. A falta de iluminação acarreta insegurança, prejuízo para todos. O calçamento possui muitos desníveis, por falta de manutenção, podendo causar acidentes para os frequentadores. No paisagismo muitos locais faltam plantas e a manutenção é insuficiente. Falta sinalização adequada de travessia de pedestres na ciclovia. 

70) Parque Ecológico do Voturuá, Casa Martim Afonso e Vila de São Vicente: Necessidade de cobrança do ingresso (taxa de manutenção).

71) Na medida do possível todas reuniões a formação das cadeiras devem estar na forma de ferradura ou círculo, assim todos conseguem ter contato visual com todos, facilitando e propiciando a gestão participativa.

72) Programa de Arborização na Cidade.

73) Os Rios, Manguezais, Estuários, Oceano estão a cada dia mais poluídos. Resíduos sólidos e Esgoto. Estamos a cada dia observando mais esta degradação. A constante Balneabilidade imprópria é reflexo deste total falta de política e abandono público pelos recursos hídricos da cidade.
A) Necessidade de Estratégias e Ações para Bandeira Verde na Balneabilidade das Praias.
B)  A areias das praias estão com quantidade insuportável de Micro Lixo.
C) Manguezais e Estuários com quantidade enorme de Macro Lixo.

74) Necessidade de Conclusão e Divulgação do INVTUR. Hoje o Município não está regularizado junto ao INVTUR do Ministério do Turismo.
Detalhe..:: No futuro as cidades que não possuírem INVTUR e COMTUR devidamente constituído não mais poderão receber verbas do Ministério do Turismo.
Saiba Mais..:http://www.blogcaicara.com/2013/12/voce-sabe-o-que-e-o-invtur.html

75) Fazer o Inventário da Oferta Turística do Estado de São Paulo.
Detalhe..:: No futuro as cidades que não possuírem Inventário e COMTUR devidamente constituído não mais poderão receber verbas do Dade e da Secretaria de Turismo do Estado.
Saiba Mais..: http://www.blogcaicara.com/2013/12/cidades-paulistas-devem-fazeres-o.html

76) Necessidade de Revisão e Adequações no Regimento Interno COMTUR.

77) Formação do Conselho do COMTUR feito de forma errônea! Necessidade Urgente de Acerto!

78) Programa Especial de Iluminação de Atrativos Turísticos.

79) Embelezamento e Paisagismo por toda cidade.

80) Secretaria de Turismo necessita de serviço de telefonia e internet e telefonia de confiança e boa velocidade.

81) Bandeira do Morro dos Barbosas deve na medida do possível estar sempre hasteada. Se hasteada a noite deve estar devidamente iluminada.

82) Na Praça da Bandeira (Na Panóplia está faltando a Bandeira Nacional, a de São Vicente e de outros XX estados), e muitas outras estão em péssimo estado de conservação e algumas com hasteamento indevido.  OBS: No mínimo é muita falta de respeito com o nosso Simbolo Nacional, outros estados e nosso município. Detalhe também considerada contravenção, sujeito o infrator à pena de multa.

83) O Transporte Público de São Vicente deve divulgar nos luminosos e placas de itinerário também os atrativos turísticos da cidade. EX: Frei Gaspar, Jóquei, Biquinha....... 

Demais membros por gentileza enviar mais sugestões e contribuições para ajustes desta nova fase do COMTUR SV.

Vale lembrar que de fato tem que ser de Gestão Participativa!
Não queremos um COMTUR de papel!

Sintam-se convocados todos e todas que compartilham da utopia de um turismo sustentável.
Reunidos, seremos a força necessária à grande mudança de que o turismo regional necessita.

Muita Luz>>>>>

Renato Marchesini
Gestor de Projetos - Caiçara Expedições

Convite Reestruturação COMTUR São Vicente - 21 de Agosto de 2013